O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu ontem suspender o depoimento do presidente Jair Bolsonaro no inquérito que apura se ele violou a autonomia da Polícia Federal. A acusação foi feita por Sérgio Moro ao pedir demissão do Ministério da Justiça em abril.A oitiva estava marcada para ocorrer entre os dias 21 e 23 de setembro, mas Marco Aur...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários