O primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, disse ontem que dificilmente fará uma coalizão com o Podemos, partido de extrema esquerda. “É inviável”, disse Sánchez, falando de falta de confiança entre seu Partido Socialista (Psoe) e o Podemos, depois de duas tentativas fracassadas de formar um novo governo em julho.Ontem, Sánchez deu uma última cartada e ofereceu ...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários