O massacre por 5 a 0 sofrido para o Independiente del Valle na última quinta-feira (17), pela Copa Libertadores, trouxe à tona uma disputa interna cada vez mais aberta no Flamengo e colocou o técnico Domènec Torrent no centro do cabo de guerra. A ideia de sua demissão, inclusive, ganha força em meio ao debate interno de ideias. Após a goleada, a delegação embarc...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários