São Paulo – Se o título geral do Brasil no Mundial de Piscina Curta de Doha (Catar) foi bastante comemorado pela comunidade aquática, Cesar Cielo tratou de colocar os pingos nos ‘is’. Ontem, no desembarque da delegação em São Paulo, o nadador tratou de minimizar o peso da conquista. “Acho que a gente não tem de tentar fazer um Mundial de Curta mais do que é. São ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários