Dois tempos, de atuações distintas, marcaram o segundo amistoso e a virada da seleção brasileira, na tarde deste sábado, no Estádio Olímpico, em Goiânia. O Brasil não mostrou muito na etapa inicial, começou perdendo do Chile - gol de Alexander Oroz em falha coletiva da defesa brasileira -, mas se acertou na etapa final. Envolvente, rápida e menos preciosista, a equi...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários