O Hospital Estadual de Doenças Tropicais Dr. Anuar Auad (HDT), em Goiânia, está diminuindo a quantidade de médicos que atendem em seu pronto-socorro. A urgência da unidade deixará de ter dois profissionais por plantão para ter apenas um. Trabalhadores do hospital dizem temer que a qualidade do atendimento diminua após a mudança. Cinco médicos já foram demitidos no in...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários