O padrasto do bebê de 1 ano e 8 meses que foi morto no dia 31 de agosto em Rio Verde, foi denunciado pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) na quinta-feira (17), por torturar e matar a criança. De acordo com as investigações, o homem agrediu o enteado até a morte. Ele já havia agredido o neném outras vezes e a mãe tinha conhecimento, segundo as apurações...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários