Em decisão liminar, o juiz Élcio Vicente da Silva decretou a indisponibilidade de bens do ex-presidente do Departamento de Trânsito de Goiás (Detran), João Furtado de Mendonça Neto; da Associação dos Permissionários de Táxi de Goiânia (Aspertagyn) e de seu presidente, Hugo Marcelo Nascimento Silva; da empresa M. Albuquerque Editora Ltda. e seus sócios Marcelo de Albuquerque M...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários