Política

Conselho de Ética abre processo disciplinar contra vereador

Clécio Alves (PMDB) alega em representação que Oséias Varão (PSB) faltou com decoro parlamentar durante análise do projeto que vetava o aumento do IPTU/ITI

Reprodução/Facebook
Vereador Oséias Varão

O vereador Gustavo Cruvinel (PV) será o relator no Conselho de Ética da Câmara Municipal de Goiânia do processo disciplinar que vai investigar se o vereador Oséias Varão (PSB) faltou com o decoro parlamentar durante a análise do projeto que vetava o aumento do IPTU/ITI na Comissão de Finanças e Orçamento na semana passada. A representação foi apresentada pelo vereador Clécio Alves (PMDB), que afirma que o pessebista ofendeu sua honra usando palavras de baixo calão ao ter o pedido de vista ao projeto rejeitado.

Em sua defesa, Oséias disse que  a atitude tomada por Clécio na Comissão de Finanças e Orçamento “decorreu de uma ação autoritária e arbitrária ao cassar a palavra de um parlamentar” e afirmou que esta “também é uma forma de quebra de decoro pois fere o princípio da democracia”. Na representação, Clécio pede que seja aplicada a pena de censura pública contra Oséias e suspensão de suas prerrogativas regimentais.

Participaram da reunião os vereadores Juarez Lopes (PRTB), Gustavo Cruvinel, Elias Vaz (PSB), Felisberto Tavares (PR) e Vinícius Cirqueira (PROS).

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.